0800 941 0110

SÃO PAULO/MINAS GERAIS

0800 282 2443

RIO DE JANEIRO/ESPÍRITO SANTO

0800 941 0110

CENTRO OESTE

0800 703 3353

NORTE/NORDESTE

BLOG

MENU BLOG

15/12/2021

Gramados Híbridos

Autor: Rodrigo Santos - Coordenador do Centro de Gramados Esportivos Itograss

A tecnologia de gramados naturais presentes nos principais gramados Europeus vem ganhando espaço aqui no Brasil. Você sabe o que é um gramado híbrido?

Gramados híbridos são superfícies de gramado natural cultivadas dentro de uma base de fibras sintéticas.
As fibras sintéticas são visíveis, mas normalmente constituem no máximo 7% da cobertura total da grama natural.

Máquina aplica fibras sobre a areia

Essa tecnologia se apresenta com a capacidade de dobrar a capacidade de jogos quando comparado com um gramado natural convencional.

Há duas tecnologias sendo utilizadas mundialmente, o mais tradicional é o sistema costurado. A segunda opção é obtida por meio da produção de grama sobre uma manta.

“Gramados híbridos são uma tecnologia para reforçar gramados naturais por meio de fibras sintéticas. Essa novidade promete dobrar a capacidade de uso dos gramados naturais”.

Sistemas Híbridos Costurados (Stitched)

Neste sistema, as fibras sintéticas são injetadas no chão por máquinas especificas. Veja alguns detalhes:

Detalhe da máquina de costura e de como a fibra é injetada

- As fibras são injetadas a 18 cm de profundidade, em um grade de aproximadamente 2 cm x 2 cm (6km de fibras/m²);

Fibras são aplicadas até 18cm de profundidade e ficam até 2,5cm acima do solo

- Essas fibras ficam até 2,5 cm acima do nível do solo harmonizando com o gramado natural;

 Um campo de futebol pode receber 20 milhões de fibras monofiladas de polipropileno e polietileno de alto desempenho (HPF);

 Duas máquinas costurando no estádio na França

- 7 dias é normalmente o tempo utilizado para costurar totalmente um campo de futebol.

Detalhe de áreas costuradas e não costuradas

Funções Primárias:

Essa tecnologia traz algumas vantagens para o gramado natural, principalmente: 

•    Estabilidade ao perfil do solo;
•    Facilitador para o desenvolvimento das raízes;
•    Uniformidade ao gramado;
•    Drenagem mais eficiente.

Características:

As principais características que fazem dessa tecnologia uma colaboradora aos gramados naturais são:

•    Aparência e Sensibilidade 100% natural;
•    Sem divots (pedaços de grama que se soltam do solo) e pontos úmidos;
•    Campo estável e suave;
•    Adaptável quanto a tração e compactação;
•    Eficiente entre esportes e eventos.

Exemplos:

Na Copa do Brasil em 2014, apenas a Arena Corinthians recebeu essa tecnologia entre todos os 8 estádios da Copa. Na Copa da Rússia em 2018 e na Copa do Qatar 2022, todos os gramados são naturais e receberam e/ou receberão esse reforço. Esse aumento na demanda pela tecnologia mostra como ela tem contribuído para a melhoria dos gramados naturais.
Veja alguns exemplos:

Estádio Luzhniki

Palco da Final Copa da Rússia 2018 - 84 horas de uso durante 35 dias;

Estádio costurado recebeu a final da Copa do Mundo de Futebol Rússia 2018

•    8 jogos;
•    8 treinos (1 hora cada);
•    31 horas de ensaios e cerimônias;
•    29 horas de testes de VAR;

Detalhe do gol, palco da final da Copa do Mundo da Rússia, mesmo com uso intenso

Arena Corinthians

Primeiro estádio com fibras no Brasil. Palco da Copa do Mundo Brasil 2014

•    Primeiro gramado costurado da América do Sul;
•    Obra para a Copa do Mundo Brasil 2014;
•    Variedade Ryegrass;
•    Um dos gramados mais elogiados do Brasil;

Copa do Mundo Sub-17 Brasil 2019

Estádio Bezerrão em Brasilia/DF

Estádio Kleber Andrade em Cariacica/ES

•    A FIFA costurou os dois principais gramados do mundial;
•    Bezerrão, palco da final, recebeu 18 jogos em 22 dias;
•    Kleber Andrade, em Cariacica, recebeu 16 jogos em 9 dias;
•    Todos os gramados receberam treinos de reconhecimento e ensaios fotográficos;

Monumental de Nunez (ARG) – 2020

Monumental de Nunez sendo costurado em 2020

Bermudas Celebration e fibra costurada;

•    Um dos principais estádios do continente Sulamericano.
 

Sistemas Híbridos de Tapetes (Lay and Play)

Esse sistema é composto por mantas aplicadas ao terreno onde o gramado natural é “semeado” e cresce entre os fios de grama sintética.

Wanda Metropolitano, estádio do Atlético de Madrid/ESP, utilizou o sistema Lay and Play

Essa é uma tecnologia de grama híbrida baseada em tapete de fibras de instalação rápida, que recebe a grama natural por meio de plantio. Esse plantio pode ser feito por sementes, quando espécies de clima temperado são as escolhidas. Já no caso das nossas gramíneas tropicais, as Bermudas, são plantadas pelo sistema Sprigs.

Detalhe de um tipo de manta utilizado no sistema Lay and Play

Esse plantio pode ser instalado diretamente no estádio ou ainda ser transplantado de uma fazenda.

Aplicação de manta diretamente no estádio

Se o plantio for feito na fazenda, essa tecnologia possibilita o plantio nos estádios pelo sistema Ready to Play.

Funções Primárias:

•   Fornece amplo espaço para drenagem e oxigenação, e promove a penetração ideal da raiz;
•   fibras sintéticas reforçam a sub-base, proporcionando ótima resiliência e resistência;
•   fibras são feitas de material inerte e não afetam negativamente a grama natural e a drenagem;
•   fibras se projetam 2,5 cm acima da superfície do solo;
•   Impedimento da liberação de fibras em condições adversas, como durante reformas.

Lay and Play – Estádio

•    O tapete é instalado no estádio e depois recebe o plantio dos sprigs ou das sementes;

Aplicação da manta finalizada

•    Há um preenchimento meticuloso da areia por todo o perfil, com foco em manter as fibras em pé;
•    O sistema é mais econômico porque evita os custos com transporte dos rolos;
•    O campo é jogável após crescimento natural da suficiente de grama, geralmente entre 60-100 dias;
•    O tapete pode ser movido e reutilizado em outro estádio ou campo de treinamento.

Exemplo:

Estádio do Estudiantes de La Plata - Argentina

Gramado híbrido Lay and Play na Argentina

Lay and Play – Turf Farm

Esse sistema permite a produção de grama em fazendas que são transferidos para o estádio. Essa flexibilidade permite que áreas específicas possam ser trocadas no estádio sem a necessidade de uma troca total.

Manta na área de testes da Itograss. Sistema Lay and Play

Na fazenda, as mantas são instaladas em uma base de postura cuidadosamente preparada.

Grama no sistema Lay and Play pronta para ser colhida

Os rolos são colhidos na fazenda, em qualquer época do ano, e transferidos para o estádio.

Exemplo de produção de grama em fazenda pelo sistema Lay and Play na Europa

Pequenas quantidades podem ser substituídas, sem necessidade de troca total do gramado. Essa troca localizada, por falta da máquina de costura no continente americano, não pode ser feita em gramados costurados.

Plantio de grama produzida pelo sistema Lay and Play na Europa

O campo pode ser utilizado instantaneamente após instalado por meio do sistema Ready to Play.

Exemplos:

Turf Farm – Exemplo de testes de produção na unidade da Itograss em Tremembé/SP.

Experimento Lay and Play na fazenda da Itograss

Considerações Finais

Os gramados naturais serão sempre a melhor solução para as arenas esportivas. Só eles oferecem aos atletas a segurança e a jogabilidade ideal para desempenharem suas atividades.

A aplicação de até 7% de fibras sintéticas traz para o gramado natural características que aumentam a sua performance. Aspectos como a drenagem e a uniformidade aumentam a qualidade do gramado para o jogo. 

A quantidade de jogos também promete ser aumentada com a adoção do sistema híbrido e permitirá atender de melhor forma o calendário, principalmente o brasileiro que, cada vez mais, pressiona o gramado natural.

O Centro de Gramados Esportivos da Itograss se posiciona sempre na vanguarda em busca das melhores tecnologias para o segmento e seus clientes. Mais uma vez a Itograss foi pioneira sendo a única empresa com testes de gramado híbrido.

Se você tiver mais uma dúvida quanto ao sistema de gramado híbrido nos procure. Teremos o maior prazer em compartilhar com vocês o nosso conhecimento adquirido.