0800 941 0110

SÃO PAULO/MINAS GERAIS

0800 282 2443

RIO DE JANEIRO/ESPÍRITO SANTO

0800 941 0110

CENTRO OESTE

0800 703 3353

NORTE/NORDESTE

NOTÍCIAS

MENU NOTÍCIAS

10/10/2018

Grama resistente ao sol e a sombra

Quais os mitos e as verdades sobre grama mais resistente ao sol? 

Autor: Engenheiro Agrônomo - Itograss - Eder Carlos Pires
A partir do momento que um projeto paisagístico indica algum tipo de grama para pleno sol, independente da função ou tamanho deste, sempre recebemos os seguintes questionamentos: 
Qual tipo ou variedade de grama mais resistente devo utilizar? 
Grama de sol resiste a sombra? 
Grama meia sombra resiste ao sol? 
Existe grama de sombra?
Para responder a essas perguntas, inicialmente deve-se saber que: Qualquer tipo de grama ornamental cultivada é produzida sob pleno sol, ou seja, as fazendas produtoras de gramas são áreas onde toda a grama é plantada, cultivada e colhida diretamente sob o sol, portanto, todas as gramas são produzidas e resistem ao plantio e condução de sol pleno, mesmo as consideradas gramas de meia sombra ou resistentes a meia sombra.

Dessa forma fica mais simples elencar as variedades cujo a característica de rusticidade esteja não só relacionada a questão da luz direta, como também à tolerância de desajustes climáticos. Sendo assim a grama Esmeralda, Esmeralda Imperial, junto as outras Zoysias da família, como a GeoZoysia e Zeon, são as mais rústicas com excelente adaptação em qualquer projeto que envolva sol pleno. GeoZoysia e Zeon, com um atributo importante de terem um bom nível de adaptação também em áreas semi-sombreadas, podendo compor bosques e áreas com projetos de arborização. 

Outro termo muito utilizado é que a grama suporta meia sombra. Quando se fala em meia sombra, deve-se considerar no projeto, áreas onde tenha incidência solar direta pelo menos em 40% do dia, contudo essa variedade também é uma grama produzida e resistente ao pleno sol. A grama São Carlos Plus Itograss  é a variedade mais resistente para estas condições.

É de suma importância saber que as gramíneas são plantas tipo C4, que dependem muita da luz solar incidente para a fotossíntese. Com a transformação da luz solar em energia química, as gramíneas tendem a ter um verde mais intenso quando cultivadas ao sol pleno, pela sua eficiência fisiológica. 
As gramas que se adaptam em áreas de semi-sombreadas, tem um mecanismo onde atinge seu máximo produtivo com uma taxa de fótons menores que as outras, aproveitando a quantidade de luz disponível no dia. Estas variedades como a São Carlos Plus, normalmente apresentam uma coloração mais intensa.

As conhecidas bermudas, utilizadas para campos esportivos, são de uso exclusivo a pleno sol. Com características de resistência a tração e pisoteio frequente, podem ser utilizadas para qualquer tipo de esporte que envolva grama. 

Uma variedade de bermudas super-resistente para fins esportivos da Itograss, é a Bermudas Celebration, que “em relação as bermudas comuns”, tem uma maior resistência a áreas semi-sombredas, razão pela qual é utilizada e escolhida na maioria das Arenas do pais.

Em resumo todas as gramas são cultivadas e de uso em pleno sol. O cuidado que se deve ter ao escolher uma variedade para seu projeto, vai desde grau de uso ou pisoteio, condições climáticas, solo e principalmente uma atenção maior a irrigação, pois as gramas que serão utilizadas em áreas com maior intensidade solar exigirão uma maior atenção no manejo da água.