Campos de polo no interior paulista - Itograss
Campos de polo no interior paulista - Itograss
Campos de Polo com grama Itograss no interior paulista.
Campos, Polo, Grama, Itograss, interior paulista
14743
single,single-post,postid-14743,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.6,wpb-js-composer js-comp-ver-4.4.3,vc_responsive

Campos de polo no interior paulista

Campos de Polo com grama Itograss no interior paulista.

Campos de polo no interior paulista

Os registros mais antigos da prática de um esporte com os princípios do polo atual vem da Pérsia, atual Irã. A ideia se espalhou pela Ásia até alcançar a Índia, onde colonizadores ingleses levaram o esporte para seu país natal, estabeleceram as regras adotadas hoje e disseminaram a prática por todo o mundo.

O polo chega ao Brasil em 1924, por intermédio de um britânico radicado na Argentina. Na década de 1980, com o aumento dos praticantes, surgiu a necessidade de criar novos campos. Em 1987 foi fundado, em Morro Agudo, o Mata Chica Polo Clube. Deste ponto em diante, vários outros clubes surgiram em municípios como Colina e Franca, ambos no interior de São Paulo.

Hoje, esta é a região com o maior número de campos particulares, clubes e praticantes de todo o país.

Já faz uma década que clubes e campos particulares começaram a substituir a grama nativa, que forma uma superfície de jogo irregular e de baixa resistência ao pisoteio, por variedades cultivadas como a Grama-Bermuda, cujo crescimento vigoroso de rizomas e estolões confere uma superfície de jogo uniforme e uma recuperação mais rápida dos danos causados pelas partidas.

Com isso, a temporada de jogos, que ia de março a novembro, passou a durar o ano todo. Hoje, os campos aplicam as Gramas-Bermuda Tifway 419 e Celebration, com plantio em ‘Sprigs’.

Flávio Figueiredo de Andrade
Engenheiro Agrônomo
flavio@itograss.com.br

 

Orçamento